Últimas Notícias

Prefeito Edson Palmeiras, de Santa Tereza, inaugura uma usina de compostagem para cuidar do lixo coletado e proteger o meio ambiente do município.

A Prefeitura de Santa Tereza de Goiás lançou no fim do mês de junho um projeto que deverá melhorar a qualidade de vida dos moradores e ainda ajudar na preservação do Meio Ambiente. Trata-se de uma Usina de compostagem que faz parte do Projeto Cidade Limpa. É uma iniciativa da atual gestão sob o comando do prefeito Edson Palmeiras que, através da ação integrada das secretarias municipais e contando com o apoio da Câmara Municipal, vai transformar lixo orgânico em adubo e substrato para o solo. Toda a produção inicialmente será utilizada nos serviços de jardinagem do município, resultando assim também em economia para os cofres públicos.


A Usina de Compostagem é um projeto de Educação Ambiental encampado pela Secretaria do Meio Ambiente e Agricultura que tem como gestor o secretário André Venâncio da Silva e conta ainda com a orientação profissional da engenheira de Meio Ambiente Maristela e do engenheiro agrônomo Blair. O projeto é beneficiado ainda pela participação ativa da Secretaria de Educação em atividades coordenadas pela secretária Leir Alves Alvarenga Gonçalves e envolve de forma direta os estudantes da Escola Municipal de Santa Tereza de Goiás.
A solenidade de inauguração aconteceu no dia 27. Na ocasião, além do prefeito Edson Palmeiras e da primeira-dama Miriam, secretários municipais, vereadores, estudantes, educadores e o gerente de descentralização da SECIMA - Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos, Silas Paulo de Souza, prestigiaram o evento. Os alunos que participam do projeto ambiental apresentaram ainda uma coreografia e declamaram poemas enaltecendo os recursos naturais renováveis e o amor pelas terras brasileiras.
Os engenheiros Blair e Maristela falaram sobre a funcionalidade do sistema da usina de compostagem e explicaram que o projeto é inovador em Goiás e usará uma tecnologia avançada que elimina todos os tipos de odores no processo de decomposição do lixo orgânico.
O prefeito Edson Palmeiras fez referência aos inúmeros benefícios que esta iniciativa irá promover no município e deixou claro que espera a participação de toda comunidade no projeto que, segundo afirmou o gestor, poderá se tornar referência na Região Norte de Goiás. A usina vai funcionar na estrutura do antigo matadouro municipal e foi implantada com recursos captados do ICMS Ecológico.
"No ano passado, inicialmente, a gente montou um projeto visando beneficiar o município com os repasses do ICMS Ecológico e, a partir de janeiro deste ano, já começamos a receber os recursos. Temos uma contrapartida aqui na prestação de serviços e nós estamos aplicando parte da verba no projeto que, com certeza, irá promover a melhoria da qualidade de vida da comunidade. É um exemplo esta usina de compostagem do lixo orgânico, um projeto piloto e inovador que irá resolver parte do problema que tínhamos com a destinação do lixo produzido pela população de Santa Tereza, resíduos estes que, sem este investimento, certamente iriam parar no lixão. Tivemos recentemente aprovado na Câmara Municipal o Projeto de Lei que regulamenta a coleta seletiva de lixo em nosso município. A partir de agora teremos uma agenda a ser cumprida neste serviço de coletar os resíduos sólidos. Esta previsto no Projeto de Lei, por exemplo, que entre os dias 20 e 25 é o prazo no qual o cidadão poderá colocar na calçada os entulhos de construção, fazer a poda de árvores, limpar o seu quintal e colocar todo este material na calçada que a prefeitura vai recolher este lixo pesado. Não temos interesse nenhum em punir ninguém, porém são medidas que estamos tomando para organizar a cidade e precisamos da compreensão da comunidade", explicou o prefeito.

 

ORGÃOS PÚBLICOS

btn-ctcast
cras
peti

LINKS RELACIONADOS

btn governo federal
btn governo goias
btn tcm